quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Keep calm and everything will be alright


Antes de mais nada, quero agradecer pelos comentários no ultimo post, obrigada pela atenção de vocês.
Sabem, quando passamos por situações que põem nossa paciência à prova, muitas vezes perdemos a cabeça, ficamos meio fora do ar, e, no meu caso, acabo tomando atitudes por impulso. Ainda bem que existe um espaço onde podemos dividir um pouco de nossa vida e receber apoio e opiniões de pessoas diferentes, de gente de fora que consegue entender a situação com outro ponto de vista.
Na verdade, não tinha objetivo de começar a faculdade esse ano, não nesse semestre pelo menos; fiz inscrições por fazer, mas, ao ver que passei, claro que quis ir, fazer, estudar,correr atrás a todo custo, ninguém estava preparado para isso,  nem minha família, nem eu... Acho que essa foi a causa de tanto descontentamento e brigas.
Não tenho mais condições de me sustentar sozinha, pois não estou mais trabalhando; a proposta que tive era de morar com minha prima, estudar e então arrumar um trabalho e ela me ajudaria neste tempo, porém, minha não quer que eu dependa de outras pessoas e diz que não quer me manter tão longe, e não me apoia a ir pra lugares distantes assim... Infelizmente, um dia irei sim, até porque pretendo ter minha própria vida e morar sozinha.
Preciso aprender a ter mais calma, isso é fato; sou muito louquinha, viajo demais em meus pensamentos, quero fazer mil coisas ao mesmo tempo...
Não fiz minha matrícula em lugar nenhum, isso estava causando stress pra todo mundo e não conseguiria ficar feliz com minha escolha se minha família estivesse triste por minha causa; além do mais, há muito mais causas em jogo e não poderia vacilar assim...
Vou ter oportunidades diferentes; preciso me organizar mais antes de decidir ir me aventurar sozinha por aí...
Disse nos primeiros dias do ano que queria aproveitar esse ano para me fazer sentir bem, então não posso ficar sofrendo e me estressando à toa, preciso manter a calma; o ano está recém começando, não é?
Enfim, agradeço novamente às opiniões de vocês porque se não fosse por elas, acho que não conseguiria entender certos aspectos que estava deixando de enxergar...

Mudando de assunto... Comentei que iria participar de um desafio, esse desafio inclui enviar algumas fotos para quem está o organizando, nada demais, mas não me sinto à vontade para isso >< não ainda, então não vou participar junto com quem se inscreveu, porém, não quer dizer que não vou me desafiar... Tenho o objetivo de emagrecer 10kg e vou conseguir!
Planejei LF’s alternado com NF’s, mesmo que seja meio difícil fazer NF por causa da família, vou fazer o máximo para conseguir.
Hoje pretendo não passar das 300kcal. Me desejem sorte.


Beijos, amadas, força pra nós sempre!

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Please, help me!


Ok, vamos direto ao ponto: EU ODEIO A MINHA VIDA!
Isso mesmo, odeio, odeio, odeio.
Sabem, ontem comentei que teria um dia corrido e foi. E além de ser corrido, foi um horror.
Briguei com minha mãe, ela chorou, eu chorei; tanto que fiquei com o rosto todo inchado. Ela pegou minhas coisas, colocou numa mala e pôs perto da porta de casa, ou seja, me mandou embora. Pensei em adiar minha viagem para hoje, já estava tudo mais calmo, foi só tocar no assunto de sair que começou a discussão outra vez.
Nunca tive um relacionamento maravilhoso com minha família, mas também nunca pensei que fosse tão difícil me afastar. Minha mãe não quer, meu pai não quer, todos estavam esperando que eu ficasse aqui, em SC.
Ouvi um monte já e estou me sentindo culpada por tanta coisa. Sabem, é complicado demais e prefiro não falar aqui de assuntos familiares. Entendo minha mãe no que ela coloca e seus medos, mas só queria poder sair e conhecer lugares, pessoas, viver aventuras...
Desisti de ir. Estou muito triste por isso, mesmo que ela tenha praticamente me mandado embora. Não posso ir e saber que ficará chateada comigo assim. Ta, tudo bem, podem dizer que isso passaria algum dia e acredito que sim, mas, vou dar um tempo pra minha cabeça.
Estou angustiada com tudo. Desde esse desespero de me sentir horrível e estar com a autoestima lá no fim do poço sem saber lidar com isso, como também em relação a sair de casa, deixar minha mãe sozinha (ela já esteve bem doente e tenho medo por isso), não quero deixar meus pais tristes, mesmo com frequentes brigas, sei que sempre fizeram o máximo por mim e meu irmão.
Vou ver ainda o que fazer, mas não vou fazer essa maldita matrícula e isso com certeza me deixa bem triste.
Quero juntar dinheiro e simplesmente sumir. Não sei pra onde, nem quando, mas pelo menos pra não precisar estressar ninguém, me virar sozinha, literalmente.
Desculpem o desabafo. Estava precisando muito, e por favor, me ajudem, me deem opiniões.
Desde já, agradeço a vocês. Fiquem bem.
Beijos


segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Meetings and Farewells


Ao chegar à noite do terrível domingo, já pudia sentir que seria um caos na hora de deitar-me na cama, pois o sono mais uma vez não viria; mesmo acordando cedo todos os dias, não consigo dormir antes das 3 ou 4 da manhã.
Com todo aquele desespero e a notícia do terrível acidente passando o dia todo em todos os canais de televisão e mesmo na rua onde não se falava de outra coisa, foi bem tortuoso pra mim, era inevitável não lembrar disso. Tomei um remédio para dormir. Na hora em que senti sono, não conseguia mesmo assim descansar e quando felizmente consegui, acordava-me a cada pouco tempo. Foi um horror :x
Não comi quase nada ontem. Nem pensei em calorias, exercícios, nada mesmo. Acordei hoje às 5 horas da manhã -.- fiquei deitada, tentando dormir mais um pouco, então, as 6 horas acabei levantando.
Me arrumei (isto é; lavei o rosto, escovei os dentes e me vesti), estou aqui tomando meu café com adoçante, lendo os blogs atualizados desde ontem de noite, quando foi a última vez que passei por aqui e logo vou sair para uma hora de caminhada.
Hoje vai ser uma correria só. Preciso procurar um cartório, autenticar documentos, fazer carteira de trabalho, ir atrás de bancos, comprar passagem, tudo para dar conta de uma matrícula –‘ e vai ser um stress, sem contar que não estou com a mínima vontade de sair de casa.
Pretendo fazer um NF, mas não sei ainda como será o dia, já que vai ser o último em que passarei com a minha família nos próximos dois meses ><
Ah, antes que eu esqueça, lendo o blog da Strange, encontrei um desafio que ela divulgou que está no blog da Luna Mia, quem quiser, passa lá e dá uma olhada. Vou participar, talvez assim com mais gente eu tenha melhores resultados, porque continuar gorda desse jeito não dá mais -.-
Bom amores, é isso. Beijos, boa sorte nas dietas e força sempre!


domingo, 27 de janeiro de 2013

So so sad day...


Eis que venho aqui hoje expressar meu profundo pesar acerca da tragédia ocorrida no meu amado estado do Rio Grande do Sul.
Sempre que acontece algo do tipo, me remeto a pensar: O que é a vida, afinal?
Foram 231 jovens que morreram nesta madrugada em um incêndio numa casa noturna (que na verdade não tinha condições de funcionar), na cidade de Santa Maria e 117 que deram entrada nos hospitais, muitos em estado grave. Festa universitária, na qual certamente eu estaria se não fossem as constantes brigas com minha família dizendo que me negava a ir pra lá.
Minha mãe hoje pela manhã, ao saber disso abraçou-me e disse que ainda bem que não quis ir, que parecia que eu estava pressentindo alguma coisa. Pois é. Estou abalada com a notícia. Ainda tenho que ler comentários de pessoas que dizem “Deus quis assim”. Devo acreditar mesmo e me conformar que Deus quis que morressem tantos jovens em um acidente assim? Bem, cada um com suas opiniões...
Não estou no RS, mas já soube de gente de minha cidade natal que morreu, conhecida, infelizmente, fora quem ainda não foi identificado. Muitos de meus conhecidos e ex-colegas mudaram-se para Santa Maria para estudar. Deixo então minhas condolências aos familiares e amigos das pessoas que deixaram esse mundo de uma forma tão horrível.
                Bom, é isso. Vou tentar me acalmar um pouco e esperar novas notícias.





P.S: Consegui vaga em uma outra universidade, dessa vez pelo prouni, essa em Brasília. Na semana que vem então vou migrar outra vez, só pra minha vida continuar bagunçada e uma loucura total.


sábado, 26 de janeiro de 2013

The reality that makes cry


Queria poder vir aqui todos os dias e dizer que consegui me manter firme mais um dia, que estou fazendo NF/LF e estou super feliz com isso, que estou me sentindo melhor e mais confiante em mim mesma... Infelizmente isso não acontece.
Depois de tantos dias de dieta, me pesei e foram só 200g a menos -.- Poxa! Isso é injusto! Depois como é pra eu me convencer de que emagrecer de forma saudável é melhor?
Decidi voltar a fazer LF e NF. Foda-se a ‘forma saudável’. Não sei mais lidar com o desespero que sinto a cada vez que preciso sair de casa e não tenho coragem e me estresso e choro porque sou gorda e odeio o meu corpo e me sinto horrível. Iniciei NF mas foram só 22 horas que consegui. Sou muito fraca mesmo :@ que raiva de mim!
Durante os dias que estava mal, sentia tanta dor de cabeça que não conseguia fazer nada, não tenho muito sono, acabei tomando remédio pra dormir várias vezes, porque pelo menos assim eu não sentia tanta dor. Agora estou melhor, mas já são quatro noites sem quase dormir. Fico pensando, fazendo planos, me odiando, esperando que as coisas fiquem realmente melhores.
Quando vou conseguir emagrecer e ser feliz? Não aguento mais isso.

Bom final de semana, e força sempre!
                                                    
                                            Beeeijos


segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Life, life life...


Bom, venho lhes contar coisas boas e outras não tão boas assim também… Queria ter postado aqui há dois dias, mas minha internet não permitiu...
Então,  não tenho vindo todos os dias aqui e nem passo muito tempo conectada porque tenho lido e estudado muito, também porque pra usar a internet preciso conectar meu celular no pc e a internet é meio lenta (bastaante lenta), normalmente uso só o celular e vou lendo os blogs na medida em que eles carregam -.-  enquanto vou fazendo outras coisas.
Adivinhem... sou uma FERA da UFAL lol sim, fera é quem conseguiu vaga pra universidade. Consegui para Comunicação Social, pelo SISU, porém, é muito longe e só fiz lá porque não me restaram outras opções. Sou louca o suficiente pra pegar minha mala e me mandar até Maceió de carona rsrs’ só que tem tanto da minha vida a ser avaliado para tal atitude que penso esse não ser o momento certo.
Bem, faz cinco dias que estou sentindo tonturas horrorosas, enjoos, dores de cabeça, não sei mais o que fazer. Fui na farmácia e pedi para medir a pressão, que no geral, sempre é baixa e estava normal, perguntaram-me se não estou grávida -.- aaah, bem provável –‘ não, claro que não estou grávida. Um milhão por cento de certeza. Pensei que fosse labirintite, mas não porque eu estaria bem pior. Não tenho feito NF, então de fraqueza não é. No tempo em que fiquei sem aparecer por aqui no ano passado, não sei se comentei, mas fiquei de atestado do meu estágio e do trabalho por causa de dores de cabeça (achei que ia morrer). Tomara que não aconteça de novo. Pelo menos esse mal estar é um motivo pra enrolar o povo aqui e não comer tanto como eles insistem.
Quanto a dieta que comentei no último post, tenho seguido, não sei se está adiantando alguma coisa... vou tentar por mais uns dias, se eu me pesar e não ver resultados, mudarei a estratégia.
Amores, desculpem a ausência, realmente, preciso estudar. Pelo menos ocupo meu tempo com algo de produtivo.
Se cuidem, boa sorte nas dietas, mantenham-se firmes e fortes sempre!
Beijos!


domingo, 13 de janeiro de 2013

Move on!


Hoje fui arrastada para a praia. Resisti por tantos dias a não ir, não usar biquíni por lá mas hoje não deu. Quase me enlouqueceram até que fui. Chegando lá fiquei o tempo todo com a minha saída de praia, pra não me expor, até que tirei. Fiquei só de biquíni. É, eu consegui, mas por pouco tempo. Fiquei observando as pessoas e parecia que todas me olhavam, mas o mais interessante foi perceber como tem muitas mulheres e até homens com corpos horrorosos e andam beem à vontade quase nus na beira do mar. Pensei comigo mesma: como é que eu não consigo? Porque sempre me acho inferior aos outros fisicamente? Logo me senti mal, juntei minhas coisas e voltei quase chorando pra casa. Abri o blogger e vi comentários dessas lindas que sempre me apoiam, sempre me dão força, até mesmo sorri lendo. Tava louca para desabar chorando e ficar reclamando aqui como sempre, mas graças a vocês, mudei meus pensamentos e meus sentimentos. Não adianta chorar, não é? Isso não vai levar meus quilos a mais embora. Vou é continuar de cabeça erguida, fazer o possível pra me sentir bem, assim como me propus sendo uma meta para esse ano.
Sabem, não tenho tomado o ECA, quis testar minha resistência lol tenho conseguido até. Quis começar a dieta da USP, uma vez consegui mantê-la por 4 dias e emagreci 3kg. Não deu, pois a cada dia que levantava da cama com a intenção de começá-la, acabava comendo alguma coisa a mais, sempre de tarde, pois essa dieta não inclui lanche, pelo menos o que comia eram frutas >< Baixei um aplicativo para android, chama-se dieta e saúde. É baseado na dieta dos pontos. Fiz minha avaliação, com peso, altura, idade e meta de peso, o resultado deu que meu consumo diário de pontos deve somar 30 e que o tempo estimado para perda da quantidade de peso é de 3 meses. Claro que achei demais. Vou começar consumindo 20 e depois diminuir. Junto no aplicativo, tem listas dos alimentos com suas informações nutricionais e a quantidade de pontos que tem. Frutas e verduras sempre tem poucos pontos, e é basicamente o que tenho comido, por isso achei que 30 pontos diários são demais, além disso, acho que diminuindo a quantidade de pontos, o resultado será mais rápido. A partir de amanhã começarei a seguir a dieta. Tomara que funcione.
Então, amores, é isso. Não apareci por aqui nos outros dias porque estava muito determinada a aprender física rsrs’ (mas é muuito chato). Logo passei em vossos blogs.
Beijos e força sempre!



quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Keep calm and go ahead!


             Oi, como estão? Espero que melhor que eu. Estava demorando mesmo pra todo esse momento ‘energia positiva’ ir pro espaço... Estava tão empolgada com dietas e exercícios, tentando usar sempre palavras que passassem algo de positivo, motivador... Não sei mais se sinto alegria ou tristeza. É tudo tão confuso... Sinto-me animada com nf e lf, fazendo exercícios até a respiração ficar difícil e sentir tonturas, mas me pergunto até quando será assim, até quando vou me privar de sair na rua com uma roupa curta, de ir à praia, sorrir, tomar um sorvete em meio a várias pessoas...
            A cada noite, fico horas me revirando na cama, não sei até que ponto a saída é esperar pelo dia seguinte. Enquanto meu sono vai pra longe, peço para que termine logo esse terrível dia, ao mesmo tempo, não gostaria que chegasse outro dia sabendo que as coisas serão as mesmas e tudo continuará igual ou pior...
           Hoje não estou com ânimo pra nada. Acordei cedo, pretendia caminhar, correr, depois, voltando pra casa estudar um pouco... que nada; não caminhei, não corri, nem estudei, até tentei, mas parece que meu cérebro está totalmente desligado. Nos últimos dois dias passei dos limites; de TPM, chorando por qualquer coisa, cheia de dúvidas, carente, solitária... Comi demais, inclusive meus pensamentos e meus desejos gordos que me pediam há tanto tempo por um doce, foram atendidos (que droga!). Prometi à mim não miar mais, até porque, não teria motivos para fazer isso. Não quero mais ficar me cortando a cada deslize, mas juro que  tive muita vontade de pegar uma lâmina e fazer um corte pra ver sangrar bastante, pra sentir meu sangue escorrendo... Não o fiz. Confesso que ainda estou com esse pensamento...
           Devo ter ingerido nesses dias em torno de 850 kcal pra mais com o tanto que comi. Eu me odeio. Meu estômago doeu, talvez seja por ter passado tanto tempo sem comer coisas do tipo, ou porque comi mais do que deveria mesmo... sei lá.
           Bom, não adianta agora lamentar ou querer morrer pelo que já passou. Recomeçando a dieta hoje, decidi que vou me alimentar bem (eu acho), pelo menos apenas com alimentos saudáveis, mais vezes e em pequenas quantidades.
   Cardápio de hoje:
          7:00: suco puro de limão
          9:00: meia maçã
          12:00: salada de alface, tomate, abobrinha e um mísero pedaço de carne
          15:00: meia maçã
          18:00: duas colheres de gelatina diet
            E é isso aí. Na verdade, deveria comer mais uma vez, mas acho melhor não. Já estou me sentindo uma obesa, parece que engordei mais uns 5kg -.-
           Ah, nem falei, a faculdade que pretendo fazer só tem vagas disponíveis longe de onde eu poderia morar. Pesquisei outros cursos que me interessam, mas também estão complicados... Decidi que vou estudar MUUITO e fazer vestibular na metade do ano. Talvez eu passe no curso que eu quero, na universidade que eu quero lol
         Vamos lá, agora vou ver se me animo a estudar física -.-



                                   Beijos, boa sorte pra nós nas dietas, lf’s e nf’s.
            Força sempre!

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

I can all with a little help from my friends...


Vi que tem muitas meninas novas no Blogger lol isso é bom, e ruim ao mesmo tempo >< Mas, sejam beeeem vindas! Saibam que sempre terão apoio aqui ^^
...Então, perguntaram-me sobre o ECA, respondendo às perguntas e também explicando melhor pra quem não o conhece ainda, eis aqui uma pequena (e pouco confusa) explicação:
O ECA (Efedrina, Cafeína, Aspirina) é uma suuuper mistura muito potente de substância que ajuda na queima de calorias, além de tirar a sensação de fome. Se procurarem em sites de fitness, certamente poderão ler sobre este, porém, trata-se do remédio pronto já, em frascos, que normalmente tem 150 g e custam em torno de R$ 210,00. Então, graças à mente geniosa e engenhosa dessas meninas liindas que amam a Ana, procurando a substância em outros remédios, descobriu-se que se pode fazê-lo comprando remédios básicos e que não exigem receita médica.
Quando eu faço o ECA, compro o Marax, custa R$ 9,50 e tem 20 comprimidos, aspirina e café em pó lol
Como fazer? O Marax tem 25 mg de sulfato de efedrina por comprimido, a substância mais importante do ECA, então, tomo um comprimido de Marax e uma aspirina com 200ml de café preto puro e beeem bem forte. Em certas épocas, quando essa dosagem já não fazia mais efeito nenhum no meu organismo, passei a tomar um comprimido e meio de Marax, depois aumentei pra dois. Mas nunca passei disso, porque sei dos riscos. Tomo pela manhã em jejum (uma vez por dia só) e fico sem fome por muuuito tempo, sem contar que tenho muita energia mesmo assim.
Há efeitos colaterais bem desagradáveis, por exemplo; tontura, agitação, dor de cabeça (que nunca tive, mas muitas meninas tem), taquicardia, tremores no corpo (mãos, pernas, etc), entre outros, como garganta seca, muita vontade de fazer xixi... enfim...
P.S.: Pode-se também fazer o ECA usando o Franol invés do Marax, o Franol tem 15mg de sulfato de efedrina por comprimido, então seria melhor tomar dois comprimidos por vez.
Espero ter ajudado, amores. Lembrando que a diferença entre o remédio e o veneno é a dosagem, então cuidado. Qualquer, dúvida, deixem nos comentários.
Beeeijos



quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Let it Be...


Ok, aqui estou eu, outra vez... Disse que pensaria melhor nas minhas metas para este ano e realmente o fiz.
Neste ano além de emagrecer 10 quilos pelo menos, quero estudar. Arrependo-me de não ter me esforçado o tanto que pude neste tempo todo. Sempre fiz as coisas superficialmente, mesmo assim, sempre tive notas boas, não entendo como...
Quero cuidar mais de mim; do corpo, alimentação, espírito também. Quero tentar fazer com que eu me sinta bem comigo mesma. Será que é possível?
Quero entrar para a faculdade. Não fiz nenhum vestibular, pois as datas não me permitiam por causa do estágio, mas fiz o Enem. Durante 2012 não estudei exatamente NADA para fazer as provas e pelo tema da redação pensei que estava f* mesmo, mas me surpreendi com o resultado, obtive 980,0 na nota da redação lol e minhas médias foram bem boas. Pretendo cursar Comunicação Social.
Quero sair mais, ter amigos e me divertir.
...Tem tantas objetivos que pretendo alcançar que é melhor nem pensar muito, sempre acabo me frustrando... Mas vamos lá, o jeito é levantar a cabeça e ir em frente com determinação. (Até parece fácil falando...)
Na terça-feira eu pesei-me quando fui à farmácia comprar o que era necessário para fazer o ECA. Sempre que subo na balança, sinto nojo de mim mesma. Mas logo, logo, isso não vai mais acontecer. Não falarei quanto peso, pois é vergonhoso.
Voltei a tomar o ECA, assim como pretendia. Meu cardápio com almoço, lanche e jantar na quarta e quinta-feira foi de aproximadamente 600 kcal. É, eu sei que é bastante –‘  Não tem como fazer nf porque minha mãe fica controlando quando como -.-  Tenho caminhado uma hora pela manhã e uma à noite. Espero que ajude.Também tenho feito 100 abdominais diariamente, já que não vou mais à academia, pelo menos em casa tenho que me cuidar mais.
Bom, por hoje é isso.
                                                  Beeijos, amados. Força sempre!



terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Happy (?) New Year!


E aí, como se sentem em um novo ano? Pra mim não parece nada de diferente. Continuo sem amigos, sem muitas alegrias na família, na vida... Só mais um dia em que o diferencial se faz em relação à esperança de que seja um ano melhor. Esperança que no restante do ano parece inexistente. Realmente, espero que seja melhor. Em relação a tudo. Amores, amigos, alegrias. Tudo que se tem feito bem ausente na minha vida nos últimos anos.
                Desejo a todos que seja melhor, ao mundo. O que todos precisam é de mais consciência, mais amor próprio e ao próximo. Só assim, as coisas talvez sejam diferentes. Desejo que todos percebam sua importância na solução dos problemas. Que não fiquem só reclamando de tudo sem fazer nada, estáticos, vendo a vida passar, tudo se arruinar, ver a infelicidade crescendo. Espero que todos entendam a necessidade de mesmo tendo sonhos e expectativas individuais, não sejam individualistas.
Que todos nós possamos ser melhores durante cada dia deste novo ano e não só ao chegar o final dele, esperando para que no próximo... todo aquele blábláblá que conhecemos. Melhores por nós e por este mundo que precisa de nós.
Ontem, depois de todos os fogos, aquele lindo show para comemorar a chegada de 2013, minha família voltou pra casa; estávamos na praia e eu fiquei lá, sozinha, pensando na vida. Vi em vários blogs as metas e objetivos traçados para este ano. Não tenho nenhum específico a não ser emagrecer, o mesmo objetivo todo ano... Espero que as metas de cada um de vocês sejam alcançadas, com muito esforço e dedicação sempre, com força, persistência. Pensarei melhor no que realmente quero e comento outro dia aqui.
De acordo com meus planos, não comi mais nada por ontem e não deveria, mas tomei espumante. Como não tinha comido mais nada, logo fiquei mais animadinha rsrs’ mesmo assim, como já tem se feito algo normal de acontecer, chorei muuito sozinha. É estranho, parece que tenho todos os motivos para chorar e ao mesmo tempo, parece que essas lágrimas caem sem nenhum motivo aparente.  Depois que voltei pra casa, me atirei na cama e dormi até a hora do almoço, pois fui acordada e obrigada a almoçar. Mesmo achando um crime contra meu corpo e minha mente, acabei comendo, foram aproximadamente 200 kcal. A partir de agora, nf.
Acho que vou voltar a tomar o ECA, não sei se vai adiantar, mas tentar não custa. Toda tentativa é válida quando se está em busca da perfeição. Logo mais vou a farmácia comprar o que é necessário. No momento minha família está na praia e eu, aqui, vegetando...



Hope

Ontem estava a escrever aqui e na hora de postar, minha internet simplesmente parou de funcionar 
--` e não voltou mais. Apenas salvei tudo que havia escrito. Colo aqui então o texto da postagem do último dia de 2012...

...Detesto a época de final de ano, especialmente o natal. Me desculpe quem gosta, mas essa é minha opinião. É uma data para ficarmos com pessoas que gostamos e eu, sempre acabo chorando sozinha deste tipo de data. Não me iludido mais com esse tipo de falsa felicidade proporcionada neste tempo de final de ano.
                Mas, estamos na reta final de 2012. Mais um ano que se passa na minha vida e de todas e todos que continuam aqui, que continuam firmes com seus sonhos.
Sempre nesse período vem à tona um turbilhão de sentimentos, de pensamento, de tristeza, choro, desespero. Penso : mais um ano que termina e eu não fiz nada que preste, continuo gorda, me sentindo cada vez mais feia, sem vontade de sair, apenas querendo ficar trancado no quarto escondida do mundo. Sinto falta de ter amigos, de poder sair, rir, me divertir... coisas que nunca mais aconteceram.  
Ontem, finalmente minha prima me convenceu a sair de casa, já que minhas férias tem sido um horror. Íamos à noite a qualquer lugar numa outra praia. Já não estava muito empolgada com a ideia, ainda mais quando chegou a hora de escolher uma roupa. Chorei tanto. Nada fica bom, tudo marca demais, mostra que sou gorda demais. Só desejei morrer naquele exato momento... Mas não, não posso morrer gorda... isso tem que mudar. Enfim, escolhi uma roupa e sai desejando que ninguém reparasse em mim. Estava de nf já há umas 30 horas, saí, passei a noite toda fora. No começo, queria ficar só sentada num canto para que ninguém me visse. De repente deu vontade de chorar por estar lá. Com o tempo, fui me distraindo. Estava morrendo de dor de cabeça. Tomei uma coca zero e duas aspirinas e isso sempre me deixa agitada. Acabou que dancei a noite tooda. Sinceramente, não sei como aguentei. Cheguei em casa as 7:30 da manhã, dormi até as 9 e então minha mãe me chamou para limpar a casa e fazer almoço, já que ia sair –‘ morta de sono e cansaço, levantei, comecei a limpar tudo, tive tonturas horríveis, até que de repente tudo escureceu  oO  Desmaiei ‘-‘ Ainda bem que acordei e não havia ninguém em casa de volta. Fui tomar um banho, achei que ia cair no banheiro. Logo minha prima chegou e fez almoço. Disse que não estava me sentindo muito bem e fui deitar. Dormi até as 5 da tarde. Tinha um bom tempo já que não fazia nf. Como estava muito fraca, comi duas colheres de gelatina diet que tem 9 kcal por colher e tomei uma latinha de coca zero.
Ainda tenho dor de cabeça. Parece tudo estar girando à minha frente. Pretendo não comer mais nada hoje, para encerrar o ano como quero que seja no ano quem vem inteiro, bem light.
Então, amados e amadas, quero aqui deixar palavras de reconhecimento à vocês, por todo tempo dedicado a seus objetivos, pelo esforço, pelo apoio de sempre.. Espero que consigamos alcançar nossas metas e me incluo nisso porque mesmo tendo passado um tempo fora, ainda é o que quero, é minha vida, é o que nunca vai deixar de mim, o que eu nunca vou deixar ir.
           Tenham um ótimo 2013, com muitos quilos a menos e muitos ossos à mostra.
                              Beijos



                                                                                                             amovocês!